EuLutoContraADepressao


Eutimia

Ao contrário do sofrimento mental, que decorre de acontecimentos de vida, as perturbações mentais como a depressão, são menos comuns e podem não ocorrer por uma causa óbvia.

A depressão é uma doença_1

As perturbações mentais podem ser graves e de longa duração, e podem afetar o dia a dia de uma pessoa. Nestes casos, a pessoa irá precisar de ajuda profissional. É importante que seja realizada uma avaliação médica a qual permitirá chegar a um diagnóstico preciso, e que seja determinada qual a melhor intervenção específica: medicação ou tratamento psicológico (e, neste caso, qual o tipo de tratamento psicológico), ou ambos.

A depressão é um termo clínico que descreve uma doença médica que afeta a forma como a afetividade e o humor são regulados pelo cérebro – é uma perturbação do humor.

A depressão é uma doença_2

A depressão afeta as emoções e sentimentos, os pensamentos e as funções do corpo. Adoecer com depressão significa desenvolver emoções intensas e sentimentos negativos – como tristeza e perda de interesse –, fadiga, alterações no sono, na atividade sexual e no peso ou apetite, ideias negativas, tais como pessimismo, baixa autoestima, indecisão e ideação suicida, e outros sintomas específicos. Em geral, estes sintomas irão produzir um efeito indesejável na vida das pessoas, por exemplo impacto negativo no bem-estar pessoal, no trabalho e nos relacionamentos interpessoais.

A depressão é uma doença_3

As perturbações mentais como a depressão são definidas consistentemente através de classificações internacionais da doença, por exemplo, o manual diagnóstico e estatístico norte-americano de perturbações mentais (DSM) ou a classificação internacional de doenças (CID). Com base nestas classificações, os médicos e outros profissionais de saúde partilham um consenso alargado no que diz respeito à definição e avaliação da depressão e outras perturbações mentais.