EuLutoContraADepressao


Eutimia

 

Modelo de gestão da depressão nos CSP

 

A depressão é uma doença que evolui por episódios recorrentes e remitentes ou que é persistente: após o 1º episódio, mais de 80% das pessoas irão sofrer outros. É por isso uma doença crónica para a maioria das pessoas afetadas.

Nos cuidados de saúde primários, cerca de 90% das pessoas afetadas por um qualquer tipo de depressão apresentam quadros subdiagnóstico, ligeiros ou moderados. Pelo menos um em cada cinco utentes consecutivos sofre de um qualquer tipo de depressão.

A maioria das pessoas não está a receber um tratamento adequado e há um numero elevado de pessoas que recebe tratamento sem qualquer necessidade.

Há por isso enormes necessidades de avaliação e intervenção clínica adequada.

Como tal, os cuidados de saúde primários podem aplicar à gestão da depressão um modelo de gestão integrada de doença crónica em colaboração com os serviços de psiquiatria locais.
Tal modelo será sempre constituído por seis componentes:

1. Identificação
2. Diagnóstico
3. Prescrição
4. Intervenções
5. Monitorização
6. Referenciação