Online Support 24/7

Welcome To Our Site

A depressão é uma doença que envolve não só a mente ou o cérebro, mas todo o corpo, afetando a forma como uma pessoa come, dorme, como se sente a si mesma, e como pensa sobre as coisas.

 Não é um estado de espírito transitório, não é normal, e não é nem um sinal de fraqueza      pessoal nem uma condição da qual se possa sair sozinho. Não é possível ficar-se melhor apenas pela força de vontade, até porque esta fica francamente diminuída na depressão.

A depressão é muito mais do que angústia ou sofrimento normal: é uma doença que envolve sinais e sintomas que irão durar semanas, meses ou anos se não for diagnosticada e adequadamente tratada.

Os sinais e sintomas de depressão mais comuns são:

  • humor persistentemente triste, ansioso, irritável, de ‘vazio’ ou tédio;
  • perda de interesse em atividades que antes eram desejadas e sentidas como agradáveis, incluindo as relações sexuais;
  • cansaço fácil, baixo nível de energia, uma sensação de desvitalização;
  • perda de apetite (com perda de peso) ou comer demais (com ganho de peso);
  • alterações do sono e insónia, despertar precoce ou hipersónia (dormir demais);
  • perda da expressão emocional (embotamento);
  • sentimentos de desesperança, pessimismo, culpa, inutilidade, ou desamparo;
    isolamento social;
  • dificuldade de concentração, de memória, ou na tomada de decisões;
    agitação ou lentificação marcadas;
  • problemas físicos persistentes como dores de cabeça persistentes, queixas digestivas, etc;
    dor que não responde ao tratamento;
  • pensamentos sobre a morte, ideias de suicídio, tentativas de suicídio ou auto-agressão.

A depressão é muitas vezes acompanhada de ansiedade e está sempre associada a problemas significativos no seio da família, com os amigos, no trabalho ou na escola devido ao impacto que a depressão tem na pessoa. Alguns sintomas são específicos da idade e podem ser mais comuns em crianças (problemas de comportamento), nos jovens (agitação e irritabilidade), ou entre os idosos (abstinência, apatia e ideias delirantes). Os sintomas psicológicos são comuns na depressão mas esta é uma doença, ou seja, as funções cerebrais e o funcionamento do corpo estão afetados, pelo que os sintomas físicos são muito comuns. .
Sintomas físicos típicos associados a depressão são:

  • Redução do apetite e perda de peso;
  • Perda de interesse sexual;
  • Dores de cabeça;
  • Tonturas;
    Problemas de coração;
  • Problemas respiratórios;
  • Dor nas costas;
  • Queixas gastrointestinais;
  • Dor abdominal.

Muitas vezes as pessoas notam estes sintomas físicos, mas não são imediatamente reconhecidos como fazendo parte da depressão. Além disso, problemas já existentes – por exemplo, uma dor nas costas – podem fazer-se sentir mais intensamente durante uma fase depressiva.

Devido à proeminência dos sintomas físicos poderá ser difícil para um médico de medicina geral e familiar reconhecer e diagnosticar uma depressão subjacente, até porque, em dois terços dos casos, a queixa principal é um sintoma somático. Às vezes pode ser útil obter uma segunda opinião. Deve falar sobre isso com o seu médico.

Os sintomas de ansiedade são também muito comuns na depressão e muitos são igualmente de natureza física, como sejam a sensação de aperto no peito, a falta de ar, as náuseas e as tonturas.